domingo, 12 de agosto de 2012

RENASCER DAS CINZAS (Porque a edição 131 da revista Eclésia desapareceu?)

A foto original mostrava o casal Hernandes com o título "Renascendo das Cinzas"
Quando vi esta imagem (imagem original, capa da revista Eclésia ed. 131, sumiu misteriosamente) ao fundo, lembrei do "Ninho do Pássaro".
Lembram do estádio na China? Pois bem, dizem os estudiosos, que ele representa o ninho da Fênix.
O mito da fênix teve origem na religião de mistérios do antigo Egito. Essa religião foi restaurada pelas sociedades secretas e agora a fênix é um dos símbolos do Anticristo.
A Fênix Retrata a Versão Ocultista do Novo Nascimento, "Todos os símbolos têm sua origem em algo tangível, e a fênix é um sinal das ordens secretas do mundo antigo e dos iniciados nessas ordens, pois era comum referenciar uma pessoa que tinha sido aceita nos templos como um homem nascido duas vezes, ou renascido. A sabedoria confere uma nova vida, e aqueles que tornam-se sábios são renascidos." [Hall, Ibidem; ênfase adicionada].


Não é impressionante? A lenda da fênix agora possui uma quarta conotação do tipo messiânica; representa um homem "nascido de novo". Lembre-se sempre que a maioria dos grupos pagãos, especialmente os mais sofisticados, criaram deliberadamente o mito que seus membros são "nascidos de novo".

Quando George Bush (pai) foi questionado por Barbara Walters, em uma entrevista na televisão, durante a campanha presidencial em 1988, se era um cristão, Bush, visivelmente hesitante, abaixou seus olhos por um momento e depois respondeu, "Se por cristão você está perguntando se sou 'renascido', então sim, sou um cristão."

Saltei da minha cadeira quando ouvi essa resposta, porque conhecia a falsificação ocultista de ser "nascido de novo"; essa declaração apenas confirmou para mim que George Bush era um membro não-arrependido da Caveira e Ossos, mas inúmeros cristãos tomaram essa resposta como uma "prova" que ele era cristão, quando os fatos mostravam exatamente o oposto. Durante todo seu governo, George Bush cumpriu o plano dos Illuminati com precisão, especialmente em agosto de 1990, ao fazer um pronunciamento sobre a invasão iraquiana ao Kuwait, quando anunciou que o mundo entrara na Nova Ordem Mundial.

A Fênix Representa Lúcifer

Ouçamos mais sobre a crença ocultista da fênix, a partir do relato de um ex-feiticeiro:

"Acreditava-se que a fênix... era uma ave divina, dos tempos do Egito antigo... Essa fênix destrói-se nas chamas e depois renasce das cinzas. A maioria dos ocultistas crê que a fênix seja um símbolo de Lúcifer, que foi lançado nas chamas e que, acreditam, um dia se levantará triunfante.

Essa crença, é claro, também está relacionada com a ressurreição de Hirão-Abi, o 'Cristo' maçônico." [Bill Schnoebelen, citado pela Dra. C. Burns, Masonic and Occult Symbols Illustrated, pg 123].

Para que você não pense que essa associação da fênix com Lúcifer seja imaginação de um único ocultista, veja o que diz Barbara Walker, uma feminista radical. Ela diz que os egípcios e fenícios acreditavam que a fênix era a representação de um deus que "subia aos céus na forma de uma estrela da manhã, como Lúcifer, após sua morte por imolação no fogo e ressurreição..." [Walker, Now is The Dawning, pg 281].

Outro autor maçom revelou que o deus-sol, que criou todos os outros deuses, era simbolizado pela fênix. [Joseph Fort Newton, The Builders: A Story and Study of Masonry, The Torch Press, 1914, pg 13-14; também J. S. M. Ward, The Hung Society or the Society of Heaven and Earth, The Baskerville Press Ltd., 1925, pg 44 e 102].

"Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo." [1 João 4:1].

Bom tem muito mais!

Considero bastante interessante que essa lenda ocultista sobre a fênix, compartilhe diversas coincidências com a verdadeira história do nascimento, vida e ministério de Jesus Cristo. Vejamos rapidamente esses pontos em comum:
Leia tudo em A Espada do Espírito

3 comentários:

Danilo Fernandes disse...

Pronto!

Seu link está la... Quando tiver um banner avisa... Como disse o Teo... Ooooo Bola de Fogo (brincadeira, kkk. Perco o amigo, mas não a piada!)

Danilo

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

Por isso eu vou te difamar, gargalhadas!

Georges disse...

Muito boa matéria irmão. Não tinha percebido essa analogia com a mitológica Fênix. Mas a propósito, embora seja uma coisa cabulosa pegar mitos pagãos e tentar aplicar à vida cristã, isso não vem de hoje. Clemente de Roma, que é considerado pelos católicos como um dos primeiros papas, em sua 1ª Epístola aos Coríntios, capítulo 25:1-5, faz menção a esse bicho espantoso como se fosse real. Veja a ignorância do elemento... e ainda dizem que o tal papa é infalível. A matéria completa está no meu outro blog (o apologético) no endereço http://doa-a-quem-doer.blogspot.com/2009/04/entre-biblia-e-tradicao-merecem-credito.html . Apareça lá uma hora dessas!
Um abraço!
Georges