quarta-feira, 22 de junho de 2011

Ministro do STF votará pela liberação da maconha em cultos religiosos

Maconha pode ser liberada para uso em cultos religiosos, opina Ministro do STF.

O ministro Celso de Mello (foto), 65, do STF (Supremo Tribunal Federal), deu indício ontem de que votaria a favor da liberação do uso da maconha para uso de cultos religiosos.

Ele fez uma comparação com a utilização já permitida do consumo de chá de ayahuasca – uma substância psicotrópicas – pelas igrejas do Santo Daime e da União do Vegetal.

Disse que o uso do psicotrópico, nesse caso, está vinculado à “liberdade de crença, de culto, de organização religiosa e a liberdade contra a interferência do Estado”, conforme previsto na Constituição...

Algumas igrejas do Santo Daime já usam em seus cultos a maconha, chamada de Santa Maria, o que causou um racha entre os daimistas, com acaloradas discussões entre eles.

Uma dessas igrejas seria a Céu de Maria, fundada pelo cartunista Glauco, de acordo com denúncia de Emiliano Dias, o Gideon Lakota. Glauco foi assassinado em março de 2010 por Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, que estaria sob efeito de maconha, além de sofrer de transtornos mentais.

O uso da maconha em rituais daimistas teria começado já com um dos fundadores da seita na Amazônia, o Sebastião de Mota Melo (1920-1990), na denúncia de Lakota.

Celso Mello foi o relator da ação que liberou na quarta-feira (15) pela unanimidade dos votos dos ministros do STF a marcha da maconha que ocorre todo ano em diferentes regiões do país. Ele disse que, no seu voto sobre essa questão, “praticamente sugeriu” que o uso da maconha por religiões fosse levado à apreciação daquela Corte.

Fonte: Noticiário Evangélico - revista eletrônica

Comentário do Blog.
Por Georges (Doa a quem Doer)
Sabe o que eu acho o maior descalabro desse STF? A cara de pau com que eles usam dois pesos e duas medidas. Para se fazer apologia das drogas (sim, apologia das drogas mesmo, pois que outro nome se pode dar à "marcha pela liberação da marofa"?) invoca-se a liberdade de expressão, mas para defender a família e as crianças não pode fazer apologia dos valores bíblicos, pois é discriminação. Ou eu devo estar mesmo muito enganado, ou isso significa dizer que maconheiro e traveco pode falar o que quiser, mas um pastor não.

É, meu amigo, estamos mesmo no fim da linha.

Deus vai passar o rodo logo logo.

Esse mundão véio já tá na hora de dar lugar a outro, regenerado, com novos céus e nova terra.

Já chega.

6 comentários:

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo Paulo Machado,

A paz de Cristo, o nosso Senhor!

Parece que estes senhores não tem o que fazer, ou possuem tempo demais quando utilizam as suas togas.

Se eu fôsse católico diria: Cruz Credo.

Como não sou, somente posso agir, orar à Deus e pedir misericórdia!

O Senhor seja contigo,

O menor de todos os menores.

Anselmo Melo disse...

O que mais podemos esperar de nossos legisladores irmão Labaredas?É a institucionalização da vergonha!

Georges disse...

Sabe o que eu acho o maior descalabro desse STF? A cara de pau com que eles usam dois pesos e duas medidas. Para se fazer apologia das drogas (sim, apologia das drogas mesmo, pois que outro nome se pode dar à "marcha pela liberação da marofa"?) invoca-se a liberdade de expressão, mas para defender a família e as crianças não pode fazer apologia dos valores bíblicos, pois é discriminação. Ou eu devo estar mesmo muito enganado, ou isso significa dizer que maconheiro e traveco pode falar o que quiser, mas um pastor não.
É, meu amigo, estamos mesmo no fim da linha.
Deus vai passar o rodo logo logo.
Esse mundão véio já tá na hora de dar lugar a outro, ov, regenerado, com novos céus e nova terra.
Já chega.

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

Prezamado pastor Carpintero.

“Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal! Que fazem da escuridade luz, e da luz, escuridade, e fazem do amargo doce, e do doce, amargo!

Porque para estes, a Bíblia diz que será assim: “homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo, porquanto os poderes do céu serão abalados”.

Mas nós, não temos o que temer, pois não estaremos mais aqui. Arrebatados, estaremos com o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

Pastor Anselmo, para nós; A Paz do Senhor!

Infelizmente virão coisas muito piores!

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

George, seu comentário, de visão aguçada, reafirma nossa parceria, por isso o colocarei junto à matéria como comentário do blog. Excelente! Muito obrigado por esse serviço.